arrazando na guitarra

sei tocar guitarra

 

CANTAR E TOCAR

Não há praticamente nada mais chato que aquela pessoa que toca e não sabe praticamente cantar nada o que está tocando, posso ir mais além que isso, existem violonistas que cantam bastante desafinados, isso é inaceitável. Além disso, quando você vai cantar, você está treinando a sua fantástica percepção musical, o senso de afinação melhora bastante, fica mais fácil tirar músicas de seus ouvido, afinar o violão e também ser muito mais agradável aos seus ouvintes. Vai por mim, tocar e cantar é muito bom para o aprendizado e fará você economizar bastante dinheiro em aula de violão.

 

 

Quando as pessoas começam a entender que tocar violão ou qualquer outro tipo de instrumento é questão somente de dedicação e disciplina, fica muito, mas muito mais fácil aprender a tocar, fica mais fácil ter uma motivação pois já está completamente ciente que a dificuldade vai existir e simplesmente para superar isso basta persistir.

Com o tempo essas pessoas costumam eliminar o pensamento que simplesmente as impedem de aprender, pois entendem portanto que não é questão somente de dom ou inteligência, e automaticamente aprendem da forma certa e quando menos elas esperaram já estão tocando bastante as músicas que sempre almejaram tocar e somente então tornam-se bons músicos.

 

 

GUITARRA NO ALTO

“A altura que você vai deixar sua guitarra deverá ser sempre a mesma, não importa se você está tocando sentado ou em pé. Descobri isso infelizmente da forma mais difícil. Eu praticava meus solos sentados, mas, no ensaio, simplesmente não conseguia toca-los porque o meu posicionamento das minhas mãos esquerda e direita era completamente diferente quando eu estava em pé. A maioria das pessoas acha simplesmente que não é legal pendurar a sua guitarra em um ponto que fique alta demais, mas eu gosto muito mais de tocar bem do que ter um visual legal e simplesmente não tocar nada! Zakk Wilde usa sua famosa Lês Paul lá embaixo, mas assim que surge um solo fodarástico, ele coloca o pé em qualquer monitor para levantar sua guitarra.

 

 

Tenha Velocidade dos Pensamentos

“É muito importante desenvolver velocidade mental, ou seja, conseguir se necessário improvisar, sem se apavorar, em temas que com certeza vão mudar constantemente de tom (modulações). Além disso, não pegue aqueles famosos clichês e truques de outros guitarristas. Vá pescar em diversos outros instrumentos para enriquecer todo o seu vocabulário. Faça isso e terá um estilo único de tocar.”

 

 

Persista
No começo de sua carreira os seus dedos vão doer, vão ficar MUITO marcados pelas cordas, vão criar bastantes calos (mais ou menos ásperos e bastante doloridos, dependendo do seu instrumento e também do seu próprio desenvolvimento técnico), vai vir uma enorme frustração (por simplesmente não conseguir distinguir as notas musicais de ouvido). Na hora de aprender a fantástica pestana, sua mão vai doer bastante.

Diferentemente de aprender a tocar um simples teclado, me desculpem os supostos tecladistas, pois talvez realmente também tenham algum incômodo no início, mas para você descobrir Como Aprender a Tocar guitarra que é de cordas é um pé no saco tem que ser guerreiro!

 

 

O melhor de tudo isso é que é isso só acontece no começo, logo passa e você deixa todo o ônus para trás e fica só com o maravilhoso bônus, que é simplesmente poder tocar e saber que não apenas te faz muito bem, mas também tem o poder de te encantar. Todos os dias alguém vai demonstrar uma certa simpatia (e às vezes bem raramente até inveja mesmo) e me dizem: “nossa! tudo que eu simplesmente queria era saber tocar guitarra, ou “nossa, acho lindo quem toca um bom violão, meu sonho era aprender mas não tive como”.